Tricot na decoração

tricot-decor-01 Muita gente liga o tricot as coisas de vó, mas cada vez mais essas peças tramadas tem ganhado o coração de muitas pessoas tanto na moda, quando na decoração. Pela mitologia, essa técnica de trançar os fios, foi criada no antigo egito, na qual, eram fabricadas com madeira. Com o passar do tempo as agulhas e outros métodos de confecção foram criados para aperfeiçoar o tricot.

Além de ter deixado de ser um objeto que remeta coisas antigas, o tricot também vem ganhando espaço em todas as estações do ano, a diferença é de que no inverno usamos fios pesados, com tramas mais fechadas e nas temperaturas mais elevadas, os fios passam a ser mais leves e os pontos mais abertos.

Assim como na moda, o tricot na decoração tem ganhado a mesma importância, porém, seus objetivos passam a ser conforto e versatilidade. Essa técnica vem sendo escolhida para decoração, porque trás aquela sensação que todo mundo procura, aquele conceito aconchegante. Por isso as almofadas, estão chegando com tudo nas lojas de decoração, assim como as mantas, que trazem essa ideia de conforto e sofisticação ao mesmo tempo.

O mais interessante é saber e ver tudo que pode ser produzido com essa técnica, porque além de almofadas, é possível encontrar artigos de decoração em vasos, luminárias, tapetes, puffs e banquetas, e é possível encontrar de todas as cores, texturas ou tamanhos, é só procurar aquele que combine com a decoração da sua casa e se jogar nessa tendência. Mas tome cuidado, vale a pena investir em peças de qualidade, geralmente as feitas a mão tem um cuidado mais especial e são diferentes das outras feitas em maquinas. Saiba colocar os objetos nos lugares certos e na quantidade certa, para que não fique pesado ou cansativo, assim com certeza sua casa ficará linda e aconchegante.

tricot-decor-02

Se você gosta dessa técnica e está procurando pelo seu objeto desejo, fiquem ligadinhos que a Style Sense trará novidades em breve!

Seguir:

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *